A equipe de fiscalização da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) apreendeu neste último final de semana, em Marabá, 1.500 pacotes de cerveja, totalizando 18 mil latas, que viajavam sem a emissão de nota fiscal, escondidos no meio a diversas cargas. A apreensão aconteceu na Rodovia Transamazônica (BR 230), à altura do Km 09, pelos servidores da coordenação de mercadorias em trânsito da Sefa.

gasparim
TH SISTEMAS
ALICERCE
HOME DESTAQUE

A carga era procedente do Estado do Goiás e tinha como destino Jacundá, a 115 quilômetros de onde foi abordada. O condutor do caminhão baú que transportava a mercadoria apresentou, espontaneamente, os documentos fiscais relativos à carga composta por produtos alimentícios e hortifrutigranjeiros, conhecida como “secos e molhados”, durante o procedimento rotineiro de fiscalização.

#ANUNCIO

Os documentos estavam regulares e devidamente registrados, “porém os fiscais resolveram fazer a conferência da carga e pediram para abrir o veículo a fim de fazer a contagem dos produtos e encontraram, escondidos em meio as outras mercadorias, os pacotes de cerveja desacompanhados de documento fiscal”, relatou o coordenador da unidade fazendária, George Tavares dos Santos, auditor fiscal de receitas estaduais.

Foi lavrado Termo de Apreensão e Depósito no valor de R$ 16.524,00, referente ao imposto estadual, mais multa. O responsável pela carga efetuou o pagamento imediato e a carga foi liberada. (Divulgação/Sefa)

A equipe de fiscalização da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) apreendeu neste último final de semana, em Marabá, 1.500 pacotes de cerveja, totalizando 18 mil latas, que viajavam sem a emissão de nota fiscal, escondidos no meio a diversas cargas. A apreensão aconteceu na Rodovia Transamazônica (BR 230), à altura do Km 09, pelos servidores da coordenação de mercadorias em trânsito da Sefa.

A carga era procedente do Estado do Goiás e tinha como destino Jacundá, a 115 quilômetros de onde foi abordada. O condutor do caminhão baú que transportava a mercadoria apresentou, espontaneamente, os documentos fiscais relativos à carga composta por produtos alimentícios e hortifrutigranjeiros, conhecida como “secos e molhados”, durante o procedimento rotineiro de fiscalização.

#ANUNCIO

Os documentos estavam regulares e devidamente registrados, “porém os fiscais resolveram fazer a conferência da carga e pediram para abrir o veículo a fim de fazer a contagem dos produtos e encontraram, escondidos em meio as outras mercadorias, os pacotes de cerveja desacompanhados de documento fiscal”, relatou o coordenador da unidade fazendária, George Tavares dos Santos, auditor fiscal de receitas estaduais.

Foi lavrado Termo de Apreensão e Depósito no valor de R$ 16.524,00, referente ao imposto estadual, mais multa. O responsável pela carga efetuou o pagamento imediato e a carga foi liberada. (Divulgação/Sefa)

PIZZARIA O SEGREDO DO CHEFF
RADIO CORREIO HORIZONTAL
DEPNEUS
ROMANCE FAVORITA